Educação e Relações Étnico-Raciais

Educação e Relações Étnico-Raciais

A aplicação da Lei nº 10.639/2003, modificada pela Lei nº 11.645/2008, visa estabelecer parâmetros não só para o ensino da História e Cultura Afro-brasileira no currículo das escolas públicas e particulares de Ensino Fundamental e Médio, como também das Relações Étnico-Raciais.

Este importante aplicativo legal gera, dentro de uma perspectiva pedagógica e acadêmica, uma demanda imediata por qualificação para os profissionais de educação responsáveis por esta importante tarefa.

As crescentes verticalizações de acesso nas diferentes entidades da sociedade civil e política tem caminhado em busca de ações político-pedagógicas no ensino regular que contemplem uma leitura mais humanizada, coerente e justa sobre a presença negra em nosso país como parte de uma grande mudança social que tem como ponto de partida, a educação, que como pressuposto reconhece e compreende sua contribuição para a formação do povo brasileiro.

Em tomo concluso, este Programa de Pós-Graduação busca mobilizar as instituições de ensino, através de seus docentes e gestores, na missão única de desenvolverem condições para atender as premissas da legislação vigente e proporcionar à seu alunado e comunidade social participativa da vida na escola, conteúdos adequados que destaquem as influências africanas presentes em cada um de nós e que levem os alunos a respeitarem e valorizarem a diversidade presente no ambiente escolar.

Neste cenário favorável e oportuno o Programa de Pós-Graduação em Relações Étnicos-Raciais envolvido de maneira direta e imperativa com as Leis 10.639/2003 e 11.645/2008 oferece aos interessados um aprofundamento diferenciado, profundamente técnico e também extremamente ligado às realidades da construção deste conhecimento particular e contributivo, visando resgatar sua importância para o desenvolvimento econômico, político, social e cultural da sociedade brasileira.

Objetivo do curso

Fomentar um aprofundamento técnico-acadêmico ao alunado que atenda às necessidades que surgiram, sobretudo, com a Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que tornou obrigatório, nas escolas públicas e privadas de níveis Fundamental e Médio, o ensino sobre a cultura africana e afro-brasileira.

Objetivos Específicos

a) Apresentar o cenário geopolítico, social, econômico e cultural existente nas sociedades africanas.

b) Apresentar a cronologia e a produção da história do negro no Brasil e sua contribuição para o desenvolvimento econômico, político, social e cultural do povo brasileiro.

c) Entender as principais estruturas da filosofia, literatura e da arte africana.

d) Desenvolver uma análise crítica sobre as políticas de ações afirmativas e sua eficácia no combate às desigualdades raciais e também na promoção de um ferramental de educação que se torne, de fato, inclusiva.

Público alvo

O Programa de Pós-Graduação em Educação e Relações Étnico-Raciais é direcionado a professores que atuam em todos os níveis de ensino, bem como a coordenadores e diretores de escolas públicas e privadas, ou a outros profissionais que tenham interesse em pesquisar o assunto e promover uma postura profissional livre e inovadora

Duração

11 meses. Encontros presenciais, realizados aos sábados das 09h às 13h.

Corpo docente

Doutores, mestres e especialistas nas áreas de educação.

Informações Gerais

Carga horária: 420 horas
Calendário: Sábados das 09:00 às 13:00
Coordenador: Prof. Me. Jonathas Carvalho Batista

INSCRIÇÕES

Nome Completo (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Telefone Principal (obrigatório)

Telefone Secundário

Selecione o curso de Pós-graduação:

Disciplina CH
Relações étnico-raciais: Conceitos básicos, Identidade e auto identificação étnico-racial 40
Filosofia e Literatura Africana e Afro-Brasileira 30
Relações étnico-raciais em espaços de educação infantil e na Formação Docente 40
Cultura e Religiosidade afro-brasileira 30
História do Negro no Brasil 40
Relações Raciais no Brasil: Aproximações Teóricas e Históricas I 40
Relações Raciais no Brasil: Aproximações Teóricas e Históricas II 40
Estratégias de Enfrentamento do Racismo em Âmbito Nacional e Internacional 40
Reconhecimento e Redistribuição – Aproximações analíticas sobre a institucionalização das políticas de igualdade racial 30
Metodologia da Pesquisa Científica 30
Projeto de Pesquisa – TCC 60
Carga Horária Total 420